Preparado para as tendências de comunicação em 2018?

Voltar
Preparado para as tendências de comunicação em 2018?

 

Você já pensou sobre as tendências de comunicação para o próximo ano? A maioria das tendências para os próximos anos refletem o imediatismo com que as pessoas passaram a encarar a satisfação de suas necessidades de consumo. Para você ter ideia, o Facebook começou um projeto para mapear 20 tendências do mercado de comunicação e marketing que irão se consolidar até 2020. Segundo a rede social, até lá o número de pessoas com celulares será superior ao de indivíduos com água corrente ou eletricidade em casa. Dá para acreditar? Elencamos aqui as maiores tendências para 2018 para você ficar de olho!

Nos próximos anos, teremos pela primeira vez na história uma população conectada à internet maior que a parcela sem acesso à rede, o mobile será responsável por 50% das vendas de e-commerce e os millennials representarão metade da força de trabalho global. Com tantas mudanças iminentes, é necessário estar preparado para a transformação que a indústria e a sociedade irá passar nos próximos meses.

 

O que esperar dos próximos anos?


Identidades variadas

Com a tecnologia, as pessoas estão expostas a perspectivas cada vez mais variadas de mundo. Isso faz com que explorem diferentes tipos de identidades. É esperado que as pessoas rejeitem cada vez mais os limites tradicionais e adquiram formas de autoidentificação sempre mais personalizadas e fluidas. Áreas como gênero, maternidade, paternidade e linguística sairão do senso comum cada vez mais, e o mercado precisa estar preparado se não quiser perder público. Repensar os pronomes com que se chamam os consumidores, por exemplo, é uma das dicas.

Os Millenials como força de trabalho

Os millenials vão definir o futuro do trabalho. A nova geração será responsável por trazer mais flexibilidade e empreendedorismo para as organizações, algo que já está começando a se delinear desde hoje. Os novos trabalhadores estão quebrando barreiras e são muito poderosos. Embora muitos estudos sobre essa geração afirmem que eles são confusos e contraditórios, eles parecem ter uma visão estratégica bastante clara e objetiva. Tanto como público, quanto como gestores.

Velhice? Os 60 são os novos 50!

E os 50 são os novos 40! As pessoas estão expandindo as perspectivas de envelhecimento. Ao se aposentarem, as pessoas irão apenas começar novos capítulos e usar suas conexões sociais para começar um novo desafio nessa fase da vida. É fundamental estar atento a este público, que possui demandas particulares e tende a consumir cada vez mais (e por mais anos!).

Comércio local e comércio mundial

Se por um lado as pessoas irão valorizar cada vez mais a cultura e comércio local, por outro os consumidores irão adquirir produtos de várias outras partes do mundo. Os consumidores irão descobrir novos negócios todos os dias e a tecnologia irá permitir que os produtores locais entrem em novos mercados, chegando mais longe.

Quais são as principais tendências para comunicação e marketing em 2018?

Pensando em todas essas mudanças, algumas tendências foram escaladas para o próximo ano. Conhecer as tendências é fundamental para o planejamento de marketing de uma empresa. As pra 2018 são:

·Paixão pela marca

É como se fosse o novo futebol brasileiro: a paixão pelas marcas vem com tudo! Os consumidores não querem apenas adquirir algo e sim se relacionar mais a fundo com empresas, especialmente as com propósito e que buscam construir um mundo melhor. As marcas devem usar isso para criar interações mais duradouras e significativas com os clientes.

·Neutralidade não tá com nada

Ter atitude e posicionamento: é isso que anda conquistando a nova geração de consumidores. As pessoas querem manifestar suas posições políticas e opiniões pessoais por meio de diversos meios, as marcas, seja em suas roupas ou outros bens de consumo, entram nessa jogada. Essa tendência só ressalta o perfil cada vez mais engajado do consumidor.

·Dados a favor das empresas

Todo consumidor deixa na internet dados e rastros quando compra ou pesquisa sobre produtos e serviços. Use essa informação para compreender os desejos do seu cliente profundamente. Ter esses dados lhe fornece uma noção clara de onde sua marca deve estar presente e do que deve entregar aos consumidores.

·Usuário gerando conteúdo

O perfil dos novos consumidores mudou: eles preferem acreditar na opinião de usuários e outros consumidores através da internet do que confiar na propaganda da marca. Para conseguir alcançar esse público, é necessário estimular a criação de conteúdo pelos usuários da sua marca. Essa é uma maneira de associar mais autenticidade e confiança à informação divulgada sobre ela. Utilizar os influenciadores digitais, como youtubers, para isso ainda é uma boa pedida!

·Moedas virtuais

O uso de moedas virtuais, como os “bitcoins”, vai ganhar muita força e proporcionar oportunidades para o surgimento de um grande número de startups financeiras. Portanto, as empresas devem pensar em novos produtos e serviços que levem em conta o uso de moedas virtuais! Esse é um novo elemento que deve fazer parte das soluções oferecidas para seus clientes, especialmente se você quiser sair na frente.

·Mercado sem fronteiras

Vivendo em um mundo completamente conectado, é possível compreender e incorporar hábitos de culturas e realidades distantes. Valorizar elementos que ressaltam essa diversidade, se aproximando do que é distante com respeito e admiração, é a grande tendência. Valorizar o que está próximo como forma de investir em produtores locais e fazê-los prosperar também conquistará clientes.

·A nova nostalgia

O mundo da moda sempre soube usar a nostalgia no desenvolvimento de produtos.
Mas dessa vez é um pouco diferente: não se trata de uma nostalgia romântica ou sentimental, que busca reviver o passado.  O que acontecerá é releitura desses temas de uma forma mais livre, misturando o moderno com o clássico. A tendência poderá ser usada no layout de novos produtos, conceitos de peças publicitárias, design de logos e nomes de serviços ou produtos.

·Você precisa fazer sentido!

A busca de propósito e significado das novas gerações é alta! Ela se mistura especialmente com valores como sustentabilidade, versatilidade e longevidade. Não é preciso abandonar o passado, mas é necessário pegar apenas o que ele tem de melhor e mesclá-lo com a modernidade, colocando uma boa dose de preocupação com o meio ambiente e as pessoas. O individualismo perderá espaço, os consumidores querem se sentir pertencentes a algo e sentir que colaboram com algo de bom ao consumir um produto.

Imagens relacionadas

Voltar
Carregando...
Top